Roma Brasil.com

De mal a pior: Roma perde para a Sampdoria e segue calvário

A semana da Roma foi de mal a pior com uma derrota por 2-0 para a Sampdoria, com Edin Dzeko também vendo seu penalty defendido. A confiança dos Giallorossi foi abalada após uma derrota por 6-2 na semifinal da Liga Europa para o Manchester United, o que só intensificou a crise de lesões.

Leonardo Spinazzola, Pau Lopez, Jordan Veretout, Amadou Diawara, Carles Perez, Pedro, Riccardo Calafiori, Stephan El Shaarawy e Nicolò Zaniolo estiveram fora de ação, com Lorenzo Pellegrini dispensado após se tornar pai há poucas horas. Até mesmo o terceiro goleiro Daniel Fuzato teve uma chance, com uma nova dupla de Edin Dzeko e Borja Mayoral.

 Um jogo para esquecer para os comandados do Fonseca, que sofrem a segunda derrota consecutiva no campeonato e não vencem há quatro jogos. O time da casa com Silva saiu na frente aos 45 minutos , dobrando e trabalhando de Jankto aos 65. Os Giallorossi também perderam um pênalti com Edin Dzeko aos 71 minutos que poderia tentar reabrir a partida. Certamente não é a melhor maneira de abordar o retorno da semifinal da Liga Europa contra o Manchester United na próxima quinta-feira nas Olimpíadas.

Com a cobrança perdida, Edin Dzeko perdeu 10 pênaltis em sua carreira. O bósnio falhou 50% dos pênaltis marcados na Série A: três erros em seis tentativas para o número 9.

SAMPDORIA 2x0 ROMA

SAMPDORIA: Audero; Bereszynski, Tonelli, Colley, Augello; Damsgaard (Candreva 81), Thorsby, Adrien Silva (Ekdal 85), Jankto; Verre (Ramirez 73); Gabbiadini (Keita Balde 73).

ROMA: Fuzato; Mancini, Smalling, Kumbulla (Ibanez 64); Peres, Villar (Darboe 83), Cristante, Santon (Karsdorp 69); Mkhitaryan; Dzeko, Mayoral (Pastore 69).