Roma Brasil.com

Manolas-Monchi: acordo de renovação parece próximo

A fumaça está mais branca do que cinza, mas para poder brindar a renovação de Manolas, é preciso esperar um pouco mais. No domingo, em Trigoria, estiveram reunidos  Monchi e Evangelopoulos, procurador do defensor.

Os pedidos da Manolas são conhecidos há muito tempo: renovação até 2022, mas acima de tudo o ajuste de 1,8 milhões para 3,5 mais bônus. Roma está disposta a aumentar o salário do grego (que recebe menos que Juan Jesus e Defrel no momento), mas gostaria de chegar a 3, incluindo os famosos bônus. Falta definir também a questão da cláusula de rescisão: Roma deseja em 40 milhões, o defensor desejaria um pouco menos. São problemas não insuperáveis..