Roma Brasil.com

Coletiva de Di Francesco: 'Dzeko precisa de um gol'

Eusebio Di Francesco advertiu que a Roma e Edin Dzeko "precisam de um gol" para quebrar seu bloqueio psicológico contra Benevento e para a sequencia de temporada.

"Daniele De Rossi e Patrik Schick terão testes de aptidão hoje e há uma boa chance de que ambos estejam no plantel. Espero que De Rossi se recupere, porque temos poucas opções no meio ", disse o treinador em sua conferência de imprensa.

"Roma é sempre uma mentalidade de ataque, mas precisa se concentrar em encontrar um equilíbrio e eu vi que melhoramos ultimamente, tanto nos jogos como em treinamento.

"As estatísticas são claras, criamos mais chances do que qualquer outro time na Serie A nesta temporada, o que significa que temos um estilo de jogo, uma identidade e sabemos o que temos a fazer. Devemos redescobrir a determinação e o tamanho que nos faltava ultimamente. Eu só conheço uma maneira de atravessar essa parede e é para colocar a bola na rede.

"Olhe para Cengiz Under. Depois desse gol contra Verona, ele tem marcado repetidamente no treinamento onde ele não fazia antes. Eu fui um jogador, então eu sei a importância de quebrar uma seca e esses rapazes, ainda mais Edin Dzeko, precisam de um gol.

"Tudo o que posso fazer é colocá-los na melhor posição para marcar e garantir que eles tenham mais chutes no alvo. Dzeko está em boa forma fisicamente, ele treina duro e estou convencido de que ele marcará o mais rápido possível, porque realmente precisamos de seus gols".

O Giallorossi está atualmente em quinto lugar na Serie A e prepara-se para voltar a Liga dos Campeões contra o Shakhtar Donetsk.

"A qualificação da Liga dos Campeões foi um dos principais objetivos desta temporada. Temos essa tarefa, então na próxima fase, na qual devemos fazer o nosso melhor. É difícil falar sobre algo mais do que o terceiro lugar por causa da lacuna que foi criada na tabela.

"Tenho medo de que Gonalons seja apto a tempo para a primeira partida contra o Shakhtar Donetsk. Amanhã será Gregoire Defrel ou Diego Perotti.

O treinador também comentou a situação de Bruno Peres.

"Nós decidimos agradá-lo e excluí-lo do elenco neste domingo, assim como fizemos com Radja. É preciso tempo para dar uma certa mentalidade ao elenco, espero que esta seja a última vez que precisamos tomar tais medidas, mesmo que esses enormes erros o ajudem a aprender e a crescer.