Roma Brasil.com

Empate amargo e muitos protestos Giallorossi contra a arbitragem

Alvejado por lesões e uma maldição que nunca para de assombrar a Roma (Diawara foi substituído devido a um problema no joelho no 1 tempo), a Roma não encontrou a vitória após o empate com o Wolfsberger e parou novamente contra o Cagliari em 1-1.

Depois de bons 25 minutos iniciais para o Giallorossi, Massa apita uma bola de mão ao Cagliari após toque em Mancini: após a revisão em campo, o árbitro decide a penalidade, em uma ação nascida de uma falta inexistente de Diawara. Pouco depois, Diawara ainda é o azarado protagonista: ele se joga no chão com dor, chora e chora no por suspeita de uma ruptura do ligamento cruzado. Imediatamente após o gol a Roma, no entanto, encontra o empate: excelente cruzamento de Kluivert, desvio de Ceppitelli para antecipar Dzeko e um gol contra.A primeira parte termina com uma dupla oportunidade para a equipe de Fonseca com Zaniolo e depois com um gol marcado por Simeone.

Na segunda metade, os Giallorossi entram decididos e dominam por toda parte. Com muita vontade mas alguma desordem, a Roma cria algumas boas chances mas para em Olsen. Nos acréscimos que tudo acontece: Kalinic após uma batalha entre Pisacane e Olsen, coloca na rede. Os dois permanecem no chão, Roma celebra e o Olímpico em chamas. O árbitro, no entanto, cancela o gol e o protesto de Giallorossa começa. No apito triplo, Nuno Romano e Fonseca são expulsos após um confronto furioso com Massa. Um empate que deixa um gosto ruim na boca.

ROMA 1x1 CAGLIARI

ROMA (4-2-3-1) : 13 Pau Lopez; 37 Spinazzola (79 ′ Santon), 6 Smalling, 23 Mancini, 11 Kolarov; 4 Cristante, 42 Diawara (30 ′ Antonucci) (74 ′ Kalinic); 22 Zaniolo, 21 Veretout, 99 Kluivert; 9 Dzeko.

CAGLIARI (4-3-1-2): 90 Olsen; 12 Cacciatore, 19 Pisacane, 23 Ceppitelli, 33 Lu. Pellegrini (79 ′ Mattielli); 18 Nandez, 8 Cigarini, 6 Rog; 4 Nainggolan (74 ′ Ionita); 10 João Pedro, 99 Simeone (59 'Castro).

Gols: 25 '. João Pedro, 31 'contra. Ceppitelli (R).