Roma Brasil.com

Mkhitaryan: “Quero ajudar a equipe. Vamos dar tudo contra o Atalanta"

Henrikh Mkhitaryan voltou a toda velocidade no elenco amarelo e vermelho, depois de vários meses atormentados por lesões. O armênio falou sobre o duelo à frente da Atalanta no Rome Match Program :

Vamos começar com os números: 10 aparições, 541 minutos jogados e 4 gols. Muito na proporção dos minutos jogados.
“Sim, mas isso não é suficiente. Agora quero fazer tudo para ajudar o time: fazer mais gols, assistências e com o time para vencer os jogos ".

Após a lesão, como está sua recuperação em busca da melhor forma?
“Agora me sinto melhor. Sinto muito, perdi em algumas ocasiões, no derby e contra a Juventus, mas não dependia de mim e trabalhei duro para voltar ".

Contra o Bologna, chegou o quarto gol da temporada, em uma noite infelizmente negativa.
“Teria preferido não marcar, mas vencer o jogo. Para mim, a equipe conta mais do que os resultados individuais. Teria sido melhor pegar os três pontos e subir na classificação ”.

O time que enfrentou Lazio no derby apresentaram outro desempenho de nível, o que aconteceu depois?
“É normal o que aconteceu conosco, porque tudo é possível no futebol. Um dia você se sente bem e o jogo está bom; na semana seguinte, com outro oponente, algo acontece e você oferece um desempenho diferente e os resultados falham. É normal no futebol, mas temos que trabalhar seriamente e acreditar em nós mesmos. Há dias em que você está no topo e outros em que está em baixo. Temos que fazer de tudo para vencer as próximas corridas. "

Esses dias também foram úteis para encontrar soluções que visam reverter a tendência deste 2020?
“Conversamos um pouco sobre o que aconteceu, mas não muito. É melhor esquecer os jogos disputados e estar mais focado e renovado para os compromissos que virão ”.

No dia seguinte, vamos a Bergamo; de fato, contra o Atalanta, será um confronto direto por um lugar na Liga dos Campeões.
“Conhecemos bem a importância dessa corrida. Temos que dar tudo para vencer, mesmo que não seja fácil. No entanto, será um jogo diferente da primeira mão, onde perdemos por 2 a 0 no Olímpico ".

O mês de fevereiro, em particular, será um momento importante para o resto da temporada: entre o Atalanta e a dupla partida da Europa League com o Gent.
“Temos uma equipe importante e o treinador envolverá toda a equipe, fazendo a rotatividade. Todos deverão estar prontos para assumir a responsabilidade de entrar em campo nos próximos jogos. Devemos estar fisicamente e mentalmente prontos, sem pensar na criticidade do momento, para que isso não exerça muita pressão sobre nós. Será um mês importante. "

Apesar do momento negativo, os objetivos da temporada ainda são alcançáveis. De onde a equipe deve começar?
“Sabemos que a equipe tem muita qualidade. Todos nós temos que fazer tudo o que pudermos. Não se resolve com os 11 em campo, mas também com os que estão no banco e com os que trabalham para a Roma nos bastidores. Todos devemos estar juntos, trabalhar e pensar positivamente. Para ganhar. "