Texto por Colaborador: Redação 07/12/2023 - 04:41

O diretor geral da Roma, Tiago Pinto, revelou-se o herói da situação financeira do clube nos últimos dois anos.

As recentes demonstrações financeiras revelaram uma diminuição das perdas e um aumento significativo das receitas do clube, o que se deve em parte aos ganhos com a venda de jogadores realizados pelo próprio Pinto ao longo dos últimos meses.

Até 30 de junho de 2023, a Roma conseguiu registar 41,6 milhões de euros provenientes das vendas de jogadores, informa o La Repubblica.

Em janeiro de 2023 o primeiro impulso real nas contas com a venda de Zaniolo ao Galatasaray que gerou um ganho financeiro positivo de 14,3 milhões de euros e a do jovem Satriano ao Heracles por 400 mil euros.

Avançando para o Verão passado, a Roma foi forçada a gerar os 30 milhões de euros exigidos pela UEFA em receitas até 30 de Junho, conforme ditado pelo Acordo de Fair Play Financeiro.

Com as contas em mãos, o clube Giallorossi obteve mais-valias de 27,8 milhões de euros graças às vendas de: Tahirovic ao Ajax (7,01 min de mais-valia de euros), Volpato (7,5 milhões de euros) e Missori (2,5 milhões de euros) ao Sassuolo, Kluivert ao Bournemouth (8,7 milhões de euros), Carles Perez no Celta Vigo (1,8 milhões de euros) e Providence em Hartberg (407 mil euros).

O trabalho de Pinto não acabou – o Director Geral terá de garantir reforços defensivos adicionais em Janeiro, respeitando ainda as restrições financeiras do FFP. (via ROma Press)

Categorias

Ver todas categorias

Roma acerta em manter De Rossi para a próxima temporada?

Sim

Votar

Não

Votar

72 pessoas já votaram